09 novembro 2008

Hugo Boss em crise

Com certeza devido aos tempos dificeis e porque a contenção de despesas chega a todo o lado, a Boss está claramente a reduzir custos. De outra maneira não se compreende a troca do antigo manequim por este lavadinho que faz a nova campanha do perfume Bottled...
Gabriel Aubry, volta que estás perdoado! E podes trazer a Halle, para o sector masculino não ficar com os nervos.

2 comentários:

Mak, o Mau disse...

É outro ritmo, estilo Boss(a) Nova

Naná disse...

Mau, mau... já não bastava trocarem-me o rapaz ainda te lembras de dar um toque brasileiro à coisa? Isso já seria bater no ceguinho...